Bem-estar

Tatuagem – um breve guia para iniciantes

Costuma-se dizer que depois da primeira tatuagem é bem difícil parar e esta primeira vez é inesquecível. Você carregará essa experiência para sempre na sua pele e na sua memória, a lembrança de onde fez, o tatuador e quem estava com você no momento. Por isso, esse “batizado” merece muito cuidado.

O primeiro cuidado que você deve tomar é ter calma, não haja por impulso tatuando o primeiro desenho que vier a mente (ou que encontrar na internet). Analise os estilos que mais lhe agradam, referências que estejam em sintonia com você, evite desenhos da moda. Não copie, exclusividade é a alma do negócio. Para exemplificar, imagine que você vai em uma festa e esbarra com alguém com a mesma roupa que você está usando. Chato não? Agora imagina uma tatuagem idêntica a sua.

Temos também os cuidados clássicos:

  • O amor é lindo, mas nem sempre é eterno, evite escrever nomes de pessoas;
  • Com certeza você já ouviu que “o barato pode sair caro”, não escolha o tatuador pelo preço;
  • Procure saber o significado do desenho;
  • Se vai escrever algo em outro idioma procure ter certeza da tradução;

Bom, agora vamos ao que mais ouço no estúdio: vai doer?

Lembra quando você era criança e queria andar sem as mãos no guidão da bicicleta? Aposto que até você conseguir foram alguns tombos e com isso os inevitáveis ralados, mas confessa, valeu a pena aquela dor. O sentimento de liberdade, de conquista e superação são únicos. Pois então, se você aguentou esses ralados com certeza vai aguentar uma tatuagem e, por experiência própria, os sentimentos são os mesmos daqueles da sua infância, uma p*** satisfação.

Alguns locais doem mais que outros? Sim. Em áreas onde a pele é mais fina e sensível ou onde os nervos ficam mais próximos da superfície da pele. Vou te dar uns exemplos de locais “sofríveis”: cabeça, rosto, pescoço, axilas, joelhos, cotovelos, mãos, pés, costelas, mamilos, virilha, as partes internas dos joelhos, cotovelo.

Alguns cuidados simples podem amenizar a dor e ainda auxiliar na cicatrização. Use hidratante todos os dias na área que será tatuada por uma semana antes de fazer a tatuagem, sua pele ficará mais saudável, macia e vai lidar melhor com as lesões da agulha. Durante esse período também não tome sol, pois isso resseca a pele e pode faze-la escamar.

Seguindo em frente, escute o tatuador e não se acanhe, tire todas as suas dúvidas, e se ele não te der a atenção devida, procure outro. Já que falamos no tatuador, não escolha o primeiro que encontrar. Pesquise os trabalhos dele, qualquer tatuador que se preze deve ter um portfólio, seja ele físico ou online (site, instagram, facebook), e o mais importante, ele deve ser profissional. Não, profissional não quer dizer apenas que ele cobra para tatuar, veja se ele cumpre as exigências legais e de higiene necessárias.

Fez a tatuagem? Parabéns, mas agora cuide! Siga corretamente as recomendações do tatuador, vai por mim, é para o seu bem, você não vai querer passar por toda aquela dor só para retocar devido a uma péssima cicatrização, mais dor só se for para ter mais uma tatuagem.

João JJ

Por

João JJ

Tatuador

João largou uma vida de segurança financeira pela aventura de se dedicar a paixão por tatuagens, hoje é tatuador aprendiz no Adham Tattoo Estúdio. Encontra ele lá no Instagram @jj.tattooer.

>> Ver coluna
https://www.instagram.com/jj.tattooer/

Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Cultivamos diálogos não-violentos. Xingamentos, ofensas, ataques pessoais, spam, manifestações de preconceito e comentários fora de contexto não serão tolerados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *